sábado, 10 de abril de 2010


Ah, ele me ensinou a amá-lo e prometeu me amar e acima de todo o resto prometeu me adorar. O quanto agora me sinto perdida, nenhum sofrimento pode descrever. Ele me abandonou sem despedida, sem nada que me ajudasse a prever. Ah, ele me ensinou a amá-lo e disse que eu era a sua flor, que desabrochava para fazê-lo feliz, em todas as horas de dor. Como eu queria vê-lo e como lamento o momento de horror de enorme descaso por esta frágil e selvagem flor.
Filme Jonny e June- Cena 21

Nenhum comentário:

Postar um comentário